Você está aqui: Home

Artigos

Dia 20/08/2011 - BLOOMINGTOM - CHICAGO

Chicago, 20 de Agosto de 2011

Bloomington (Illinóis) a Chicago ( Illinóis) – 160 milhas ( 274 Km)
          Hoje saímos mais sossegados para nossa viagem, pois tínhamos apenas 160 milhas para percorrer até chegar a Chicago, capital do estado de Illinóis.

          Viajamos sem pressa, curtimos a paisagem, fizemos varias paradas, e na metade da tarde começamos a avistar os grandes prédios de Chicago, a terceira maior cidade dos Estados Unidos, com cerca de 2,7 milhões de habitantes e que tem o aeroporto mais movimentado dos pais e do mundo.

          milho
          Praticamente todo nosso caminho hoje foi beirando grandes planícies e lavouras de alta produtividade, muito trechos de verdes campos que formam uma das paisagens mais freqüente do interior de Illinóis, e que deram ao estado posição de destaque como produtor de batatas, trigo, vegetais, uvas e principalmente milho e soja. Ao mesmo tempo, por baixo destes cenários rurais, estão grandes jazidas de petróleo, carvão e gás natural. É, como se pode facilmente deduzir, um lugar rico.

     ogden

     Com o mapa em cima do tanque para não ter surpresas, seguimos pela Jolliet, entramos na Ogden Avenue, chegamos a parte central da cidade e marcamos o prédio mais alto de Chicago que foi o nosso guia.

      ogden

     Seguimos pela Ogdem Avenue por algumas milhas, entre os grande edifícios e na expectativa de chegar ao ponto final da Route 66, o final da Ogden que se dá em frente ao Lago Michigan.

      ogden

      Ao contrário de outros países por onde andamos, inclusive no Brasil, aqui a educação no trânsito é algo que não havíamos visto ainda, andamos com tanta tranqüilidade pelo centro das grandes cidades sem risco algum, na verdade, acreditamos que nós estávamos colocando o trânsito deles em risco.

       ogden

       Mas depois de tanto ver o quão educados eles são, procuramos nos cuidar e não cometer imprudências como rotineiramente cometemos no Brasil. È muito bom viajar por aqui, nos sentimos muito seguros.

        metro

       Passamos por baixo da linha do metro, atravessamos a Av. Michigam e chegamos ao ponto final da Hitórica Route 66. Como citei no início da viagem, a route 66 começo a ser contruida de Chicago para Los Angeles, então, diz-se que o inicio da Route 66 é em Chicago e o final em Los Angeles no  Pier Santa Mônica na Califórnia.

        michigan

     Como não havíamos reservado hotel antecipadamente, e também por estar num pais de primeiro mundo, acessamos a Internet no meio da praça para localizar alguns hotéis.

        net praça

      chafaris

     Em seguida numa moto o Raniere e o Renan , na outra eu (Toco) e o Ita , nos dividimos e saímos para ver os hotéis.

      dupla

   Enquanto isso, na praça, ficaram esperando a turma da sombra, rsrs. Ai esta o Vô Aníbal brincando com os Esquilos.
        esquilo

        esquilo 

    Há uma população grande de esquilos nessa praça a beira do Lago Michigam, a praça é muito bonita e bem cuidada, por aqui não se vê absolutamente nada de lixo no chão, os jardins floridos que contrastam com a cidade moderna  proporcionando um visual maravilhoso.

       praça

        praça

       Arrumamos um bom hotel perto dos principais pontos turísticos da cidade. Na região central de Chicago a beira do Lago Michigan e em frente ao Millenium Park.

        hotel

     Depois de um bom banho, uma piscininha e um tempinho de um merecido descanso, saímos para dar uma caminhada pelo Milennium Park que fica entre o centro financeiro e o litoral da cidade.
         caminho

      Para chegarmos até o teatro a céu aberto e ao também chamado grande feijão de inox, seguimos por um caminho tortuoso em que a estrutura é de inóx,

        caminho

       No final desse caminho chegamos ao famoso  Jay Pritzker Pavilion, que é um teatro a céu aberto, elaborado para receber concertos e apresentações artísticas. Ele fica dentro do Millennium Park e a sua estrutura metálica tem uma arquitetura surpreendente. Até os detalhes da acústica foram bem planejados de maneira com que as caixas de som não atrapalhem ou formem algum tipo de eco com o som que vem direto do palco.
        teatro

      Ainda dentro desse complexo do parque fica o Harris Theater, casa da Chicago Opera, Hubbard Street Dance e palco para muitas outras renomadas companhias se apresentarem.   Esse teatro é interessante pelo fato de ter condições de abrigar sem dúvida alguma, tanto uma ópera quanto uma cia de dança de rua.

      teatro

       teatro

      Muitas famílias fazem seu Happy hour nesse parque, e de graça, ganham todos os dias alguns espetáculos de artistas locais.

        parque

        Saímos do teatro em direção ao “The Cloud Gate”, o feijão de Inox. Para chegar lá tivemos que passar por uma ponte, também de Inox, que passa por cima da Avenida Michigan. Essa ponte, chamada BP Bridge, não é apenas mais uma ponte interessante e bonita feita de aço inóx, ela foi projetada para criar uma barreira acústica para proteger o Jay Pritzker Pavilion do barulho do tráfego da avenida que passa por ali.

        feijão

       Apesar de ser mais conhecido como The Bean (o feijão), seu nome original é The Cloud Gate. Foi construído em 2004, feito com 110 toneladas de aço inoxidável. 
         feijão

                Ele foi criado pelo designer Inglês e foi inspirado no mercúrio líquido que reflete e distorce o skyline da cidade.

       feijão

        feijão

      Olhando de baixo para cima, a sensação é muito estranha, a imagem distorcida das pessoas em movimento da a impressão que estamos em balançando em cima de um barco. Um prato cheio para os turistas que passam por ali sempre procurando uma foto diferente.

      feijão

      Ainda no Milleniun Park tem duas fontes formadas por enormes painéis de LED que exibem os rostos dos moradores de Chicago. Nada de famosos, apenas gente como a gente que estão andando pelas ruas e são fotografados.
     fontes

      As fontes fazem referências aos gárgulas das mitologias e a água como símbolo da vida. E essa água que sai da fonte forma um pequeno espelho d’água onde as pessoas aproveitam para brincar e se refrescar durante o curto verão da cidade. 
         fontes

      Depois de um belo passeio, ainda no parque, paramos tomar um chopinho de meio litro para matar a sede e mudar o semblante de alguns, rsrsr.
        choop

           choop

    Quando acabamos de comer um petisco e tomar o choop, já estava e escuro e deu para curtir a vista noturna de Chicago sendo refletida no feijão de inox.

        chicago noite

        Amanhã vamos visitar mais alguns pontos turísticos da Chicago, devolver as Harleys e alugar um carro, já que acabamos a Route 66 e o furacão Irene esta chegando.

See you tomorrow

Adicionar comentário / Add Comment / Añadir Comentarios

Gostou do nosso site? Deixe seu comentário! Ele será publicado após a aprovação.


Voltar ao Topo